sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

BASTIDORES DA POSSE DE SONIA RABELLO COMO VEREADORA

1.  Nunca pensei que seria simples a tarefa. Mas talvez seja mais complexa do que pensei.

2.  A posse como Vereadora na Câmara do Rio de Janeiro requer mais do que ter conhecimento das funções, das leis, de propostas para discussão de novos projetos. É preciso também estar lá, entre os colegas, no prédio, com o auxílio do quadro de apoio e servidores da Casa. Entregar os documentos, e providenciar a infraestrutura do “Gabinete”.

3.  A Câmara do Rio funciona em um lugar privilegiado da Cidade. Na Cinelândia, pólo visível de centralidade política. E está cercada de monumentos culturais da Cidade, num quadrilátero especialíssimo, tendo à frente a Biblioteca Nacional, em sua lateral esquerda o Teatro Municipal e o Museu de Belas Artes, e a Praça Floriano em sua ampla calçada frontal, que termina, à direita, com o Pão de Açúcar e a Baía da Guanabara.


De minha nova sala tenho o privilégio de ver as cúpulas do Teatro Municipal, e ao longe a da Biblioteca que, por sorte, é só atravessar a rua para frequentá-la um pouco mais! Dizem, (ainda não apurei com certeza), que está programada a construção de uma nova sede da Câmara na área do Porto do Rio. Certamente mais confortável, pois os gabinetes são bastante estreitos no prédio da Cinelândia. Mas, se assim for, a Câmara, e os seus Parlamentares, estarão abrindo mão do palco físico da vida política carioca. Nem o Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa Estadual, tem este privilégio ! A conferir.

4.  Antes da posse, o atendimento de recepção e encaminhamento, por parte dos servidores da Casa, especialmente do Gabinete da Presidência, foi excelente. Porém, como a Casa é democrática, e segue a regra justa de que antiguidade é posto, tive que esperar um remanejamento de gabinetes, entre os que estavam saindo e entrando, e dos que estavam ficando em melhores posições. E como não há padronização de gabinetes, modestos, se comparados com os padrões do Executivo, cada um que entra e sai faz obras de adaptação. Isto, por certo, acarreta um retardamento na acomodação.

5.  Nosso Gabinete será o 705 no anexo do Palácio. Sua entrada pode ser pela frente ou pela lateral, na Rua Álvaro Alvim. O tel é 3814-2121. Estarei disponível para atendimento especialmente nas segundas e sextas, já que as sessões coletivas da Câmara se dão de terça à quinta, à tarde, a partir do dia 15 de fevereiro. Como as salas não têm recepção, e nem sala de reunião, sugiro agendar. Quem lá for verá as belas cúpulas dos prédios históricos da Cinelândia. Vale a visita!

Em tempo; embora a Câmara esteja em recesso, vejo muitos colegas vereadores trabalhando, neste período, em seus gabinetes. Justiça seja feita!

Veja abaixo as fotos do nosso futuro Gabinete, ainda em construção!

 

                       


4 comentários:

Anônimo disse...

Sra Vereadora Sonia Rabello.
Não a conhecia, não votei na Sra. Me arrependo.
O Rio de Janeiro precisa muito de políticos cultos, operantes e capazes, que o amam de verdade.
Sua biografia é fantástica, estarei atenta ao seu trabalho.
Desejo muita sorte em seu mandato, sabendo que sua luta será árdua. Que nos momentos mais delicados, a Sra possa encontrar forças ao olhar a Cinelãndia, o Teatro Monicipal, a Biblioteca Nacional, com certeza bastiões de um Rio civilizado e pacato, que nós 'cariocas da gema', gostarámos de resgatar. Certamente lhe darão perceverança em sua luta por todos nós.
A carioca Anna Maria B. B.

AUGUSTA disse...

Boa sorte, Dra. Sonia.

Sonia Rabello disse...

Obrigada pelo apoio, e pela força

Augusto Mota disse...

Vereadores trabalhando no recesso!!? Temos luz no fim do túnel? Que bom!

Mais uma vez boa sorte.